Medo de aranha


Conheço homens que não fazem sexo oral em uma garota, nem amarrados.

Não importa, ela pode ser cheirosinha e até vir com um atestado da vigilância sanitária colado na danada, a resposta é sempre a mesma: "não faço!".

Tudo bem, apesar das garotas não aceitarem bem, este tipo de recusa é uma questão de gosto pessoal - ainda mais porque muitas também não curtem fazer um "bola-gato", certo? Sim, porque tem mulher que o cara pode lavar o bimbo com bastante sabonete e até passar perfuminho em cima:

- Pode chupar agora, amor?

- Que cheiro é esse, querido?

- É que eu passei um pouco de perfume de lavanda para dar um toque mais 'floral' nos meus pentelhos.

E o resultado é igual: - eu tenho nojo!

Em todo caso, repito, homem ou mulher: é uma questão de gosto.

O que não pode é ele olhar para sua danadinha linda, devidamente depiladinha, com aquele "cavanhaque" bem fininho e só faltar vomitar: "xô, aranha!". Será que ele é gay? Bem, será que tamanha repulsa não esconde uma "margarida ainda em botão"? Sei lá, de repente o cara ainda não se descobriu, por isso fica nessa vida de tentar ver se consegue gostar de mulher.

Pombas, o cara até pode não curtir o barato, mas fazer cara de nojo e reclamar do cheiro já é ferro na boneca! Oras, meu caro, não precisa cuspir no prato! Confesso que tem mulher que parece que abriram a tampa de um caixão de defunto quando ela tira a calcinha, mas o cheirinho natural de uma danadinha bem tratada é tão convidativo...

Existem homens com um paladar, digamos, mais apurado, que reclamam do tempero. Sabe como é: tem dia que está mais azeda que o normal. E ele detesta essa sensação de "amarrar a boca". Oras, tá azeda é? Não tem galho, joga tequila e sal, que o limão está dispensado!

Aliás, uma leitora me escreveu reclamando que o predador dela costuma provar antes com a ponta da lingua! E o pior é que ele nunca aprova o tempero: "tá azeda demais", "hum, hoje ela está amarga!", "ai, que gosto de café! Você tem exagerado no café, querida?". Olha, a coitadinha ficou tão chateada com a situação, que resolveu colocar um pouco de bicarbonato de sódio na periquita: "era para diminuir a acidez, Dr. Predador".

Taí... A visão de uma danadinha espumando com bicarbonato deve ser o máximo!

Beijo na boca é bom demais, certo? E dane-se esse papo furado de germes, porque o bom é trocar salivas, chupar a língua da garota, e até engolir o chiclete que ela está mascando! Opa! Isso é bom! Só é ruim quando o chiclete já está sem o gosto. Então, mas tem homem que só falta desmaiar se o chiclete trocar de bocas: "o que é isso na minha boca!?", "É meu chiclete, amor...", "ai, que nojo!".

Ah, mas é claro que tem homem que detesta babinha de mulher! Ui! Então, é ou não é foda demais ver como ele enxuga o queixo babado com um guardanapo de papel?

Peraí! Você está com o "estômago embrulhado" só porque a saliva da garota está mais densa que o normal? E deu vontade de vomitar, foi? Menino, já pensou em fazer balé?

Por mais que achem que estou sendo radical, um homem que sente nojo de mulher é gay.

Duvida? Então imagine e a cena:

Você chega da praia toda cheia de amor pra dar, encontra o seu predador e já pula em cima dele. Beijinho aqui, beijinho ali, você tira a blusa e oferece seu lindos peitinhos para ele fazer uns carinhos, e depois de duas lambidinhas o sujeito joga água na fogueira, pedindo pra você ir tomar banho, porque seu corpo está suado! O que é isso, meu chapa!? Beijar peitinhos salgados é o bicho de bom!

Vixe! Me segura na cadeira, porque mulher suada é bom demais!

Pois então, isso aconteceu com uma colega minha. Lógico, ela já estava desconfiada do sujeito, porque é uma garota linda, do tipo que a gente tem que se segurar para não pensar bobagens. E não é que depois de uns meses ela descobriu no micro do rapaz, um monte de fotos de homens transando com homens? Claro, ele disse que era só por curiosidade que costumava ver aquelas fotos e vídeos...

O tesão não espera e nem faz cerimônia!

Quantas vezes não recebi minhas namoradas no fim do dia, com um sorriso cafajeste nos lábios e um monte de sacanagens na cabeça. Bem elas tentavam me fazer ter mais paciência: "ai, amor, eu trabalhei o dia todo... Deixa eu tomar um banho primeiro". E aí? Acha mesmo que eu esperava o banho? Que nada, era do jeito que chegavam: suadinhas e até cheirando rabuja!

A natureza criou mecanismos de repulsa e atração entre os sexos. E acredite: o primeiro sinal de repulsa ou atração está na boca. Por isso, se ele te beija com repulsa e vive dizendo que não coloca a boca na sua xaninha nem se a cobrir com chantili e colocar um moranguinho em cima para "disfarçar o gosto", pode esquecer.


Ele não sente nojo de você, mas sim de mulheres!


Beijo, te ligo! ;-)

2 Response to "Medo de aranha"

Mateus disse...

kkkkkk... Rachei de rir da foto.
Nojo de aranha? Tenho que admitir que algumas cheiram a defunto... mas há coisa melhor que dar uma chupada na aranha?(bem.. o proximo passa é melhor).

Fabrício disse...

Cara, esse negócio de dizer que se o cara não quer chupar é pq ele é gay não é verdade. Eu sou gay, deixa eu te falar uma coisa sobre o sexo gay: Muitos caras são muito frescos na cama: não fazem isso, aquilo outro. Nem digo sobre aqueles que, de cara, já dizem que "são só ativos". Não chupam mesmo, dizem que não gostam. Dá vontade de dar um murro, fazer a gente perder tempo... Tudo bem que "engolir" é até risco para a saúde, mas chupar... ah, pára.

Related Posts with Thumbnails
powered by Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme